Saúde bucal na infância: conheça sua importância

O impacto na vida adulta compensa a dedicação de tempo nesta fase da vida. 

O mês de outubro é das crianças e o conteúdo de hoje não é diferente: o assunto é a odontopediatria, especialidade responsável pela saúde bucal dos pequenos. 

Todo mundo sabe que a infância determina várias características do indivíduo, e o mesmo acontece com a saúde bucal. Os cuidados odontológicos devem ser ensinados por meio do exemplo e de hábitos estabelecidos pelos pais/cuidadores desde o nascimento até o fim da infância, momento em que a responsabilidade de seguir os ensinamentos é direta. 

image3-300x169 Saúde bucal na infância: conheça sua importância Saúde Dental Infantil

Por isso, vários temas importantes serão abordados neste artigo, já que a informação é palavra de ordem na Clínica Abla. Para saber melhor quais cuidados são fundamentais no desenvolvimento infantil e como inseri-los sem gerar uma experiência traumática para a criança, continue lendo! 

 

Cuidados de zero aos seis meses 

Mesmo ainda bebê, a criança já precisa de alguns pontos de atenção para a saúde bucal. 

Mamar no peito da mãe já é algo que contribui para o sorriso, pois exige mais esforço do que sugar o leite na mamadeira e estimula o desenvolvimento da mandíbula. Além disso, a ingestão de açúcar, que não é recomendada pela sociedade brasileira de pediatria antes dos dois anos de idade, pode causar problemas bucais muito precocemente. 

Um deles é a possibilidade de aparição da cárie de mamadeira, que acontece quando se ingere alimentos (como o leite, por exemplo) adoçados antes de dormir.  

A criança diminui a produção de saliva e engole menos vezes durante o sono, deixando os líquidos parados sobre a superfície dos dentes por um longo tempo. Com isso, há maior propensão de bactérias formarem ácidos que atacam e destroem os dentes. 

 

Cuidados com os dentes de leite (dentes temporários)

Agora que os primeiros cuidados já foram desmistificados, é hora de entender onde é preciso ter cautela com os dentes que estão em transição na boca dos pequenos. É muito comum que algumas condutas sejam subestimadas, justamente pela ideia de que os dentes vão mudar, mas não é como funciona. 

A higiene demanda trabalho, já que até mesmo a presença de uma placa bacteriana na infância pode aumentar o risco de cáries nos dentes permanentes Isso exige um tratamento de canal ou mesmo a extração em uma idade muito antecipada.

O crescimento e a queda dos dentes temporários também devem ser tratados com seriedade: os dentes de leite funcionam como um guia para os permanentes. Se eles caírem antes da hora, os vizinhos podem ocupar o lugar dos que ainda vão nascer e isso muda toda a configuração do sorriso. 

Um fator que deve ser observado desde neném até ao longo da infância são os acessórios que vão à boca: a chupeta e a mamadeira corretas a serem usadas são as de bico ortodôntico, pois trazem o correto posicionamento de língua. Isso garante uma tonicidade muscular boa, e não gera interferência no desenvolvimento do terço inferior da face. 

O hábito de chupar dedo deve ser suprimido logo no início da vida e na clínica Abla, temos dicas sensacionais que previnem eventuais problemas. Por isso, é super importante um acompanhamento próximo da criança com um profissional capacitado. 

 

Primeira consulta na infância: um divisor de águas 

Como dito anteriormente, para além dos cuidados em casa, o início do acompanhamento profissional faz toda a diferença na saúde bucal da criança.

Isso acontece porque a primeira consulta de odontopediatria tem como objetivo ambientalizar a criança ao atendimento odontológico. Isso acontece porque a boca representa uma série de fatores para o indivíduo, como:

  •  estética do sorriso;
  •  função da mastigação;
  •  o contato com a mãe (amor pleno). 

Sendo assim, é importante entender que o receio de se tratar odontologicamente é inerente a qualquer ser humano. Isso demanda que as primeiras vivências no atendimento sejam feitas com calma, de forma a produzir confiança na criança, e  desenvolver um adulto que é capaz de viver esse momento com tranquilidade.

O local influencia totalmente na construção dessa atmosfera positiva. Na Clínica Abla, é um pré-requisito que todo atendimento seja uma experiência empática e de conforto, e com as crianças isso é ainda mais importante: o ambiente é especial, lúdico, com bonecas e a criança pode fazer o que quiser. Assim, é associado a um ambiente livre e sem receios.

image1-300x169 Saúde bucal na infância: conheça sua importância Saúde Dental Infantil

Imagem captada antes da pandemia 

 

Avaliações da primeira consulta 

Na primeira consulta, o profissional vai avaliar os hábitos e mostrar como é a sequência de atendimento odontológico, passando algumas orientações em relação à alimentação. 

A orientação na odontopediatria é muito importante, pois visa retirar hábitos que podem ser nocivos com o passar do tempo para as crianças, transformando a criança em adultos saudáveis. Ela é dividida em duas etapas: a avaliação nutricional e avaliação do desenvolvimento maxilo mandibular. 

image2-300x169 Saúde bucal na infância: conheça sua importância Saúde Dental Infantil

O primeiro deles é a avaliação nutricional: quais tipos de alimentos a criança ingere, qual a quantidade de água que toma por dia e como é sua higiene. Na primeira consulta, para as crianças que ainda estão desenvolvendo a coordenação motora até as de cinco anos, o odontopediatra vai orientar os pais sobre como devem prestar atenção na higiene oral. No caso de crianças mais velhas, a orientação é feita diretamente à criança. 

Na orientação nutricional, são avaliados os hábitos de ingestão de alimentos: se são cariogênicos (com alto potencial de se transformar em cárie) ou não, orientando os hábitos alimentares e buscando minimizar problemas futuros. 

A segunda avaliação, do desenvolvimento maxilo mandibular, nada mais é que a avaliação da parte de cima e de baixo dos dentes. As arcadas podem ser alteradas pelo uso prolongado de chupeta, pelo uso de mamadeiras, e pelo hábito de succionar dedo.

Daí em diante, o contato é vitalício e os procedimentos de acompanhamento com o dentista seguem, para garantir uma vida adulta sem complicações, por conta dos protocolos que oferecem maior qualidade de vida e saúde bucal. 

 

E você, quer proporcionar maior cuidado ao seu filho com um atendimento atencioso e eficaz?

Entre em contato com nossos especialistas e agende agora uma consulta com um odontopediatra da Abla!

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não pode ser publicado.